terça-feira, 20 de janeiro de 2009

NATIVOS DIGITAIS X IMIGRANTES DIGITAIS

Os nativos digitais se criaram com a TV ligada e um controle remoto na mão, o computador também. O sotaque dos imigrantes digitais se percebe de formas diversas. Ao imprimir o e-mail, por exemplo.

Marc Prensky tem uma idéia original: ele divide o mundo entre “nativos digitais” e “imigrantes digitais”. É uma metáfora excelente. Tem aquele sujeito que nasceu e passou boa parte da vida num país, aí migra para o outro. Por mais anos que viva na pátria adotada, sempre terá, bem lá no fundo, talvez até um quê envergonhado, seu sotaque. Já o nativo, não. Aquele mundo, aquela língua, lhe são naturais – nem pisca.Acontece da mesma forma no mundo digital. Há quem se educou dentro dele – a turma que está saindo das faculdades agora é a dos mais velhos – e há os imigrantes. Alguns imigrantes são bastante hábeis, se enturmaram na nova terra, sentem-se bem-vindos e em casa. Mas são imigrantes, vieram de outro mundo.

Não deixem de ler essa excelente reportagem de Pedro Doria no link:

http://www.link.estadao.com.br/index.cfm?id_conteudo=6169

Um comentário:

  1. muito interessante esse artigo!
    parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir